This content is not available in your region

Infeções deliberadas com Covid-19

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Infeções deliberadas com Covid-19
Direitos de autor  Luke Hanrahan pour euronews

Cientistas de Oxford preparam-se para injetar doses de Covid-19 em pacientes de forma deliberada. É um estudo pioneiro - que espera reunir provas fundamentais sobre a resposta do sistema imunitário humano ao vírus. A Professora responsável pelo estudo espera conseguir fazer face a um número cada vez maior de variantes.

Com este estudo estamos a tentar determinar se um certo nível de um determinado tipo de resposta imunitária impede as pessoas de serem reinfectadas no modelo de infecção humana controlada. Isto vai permitir utilizar essa resposta imunitária para desenvolver vacinas mais rapidamente, assim como testá-las e distribuí-las mais rapidamente.
Helen McShane
Universidade de Oxford

Os escolhidos são pessoas que recuperaram da covid-19 - voltam a ser infetadas com o vírus para determinar o que pode ser feito para melhorar a eficácia da vacina, e potencialmente, para ajudar a prevenir todas as variantes ao mesmo tempo.

Até 64 pacientes serão reinfectados com covid-19 neste hospital por cientistas da Universidade de Oxford. Estarão aqui o tempo que for necessário para que o vírus deixe o seu sistema - nalguns casos, demora até três semanas.
LUKE HANRAHAN
Euronews

A doutora Susan Jackson está a selecionar candidatos que serão expostos ao vírus já na segunda-feira da próxima semana. Recebem uma compensação de 5 mil libras e serão monitorizados 24 horas por dia.

Comparar e contrastar - para compreender porque é que as pessoas reagem de forma diferente - para analisar o vírus e o seu impacto no sistema imunitário em detalhe para que, um dia, possa ser controlado.