This content is not available in your region

Manifestações pró-Palestina alastram-se pelo mundo

Access to the comments Comentários
De  Ricardo Figueira
euronews_icons_loading
Manifestações pró-Palestina alastram-se pelo mundo
Direitos de autor  Emrah Gurel/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.

Os mais recentes episódios de violência entre israelitas e palestinianos, em particular os bombardeamentos mortíferos na Faixa de Gaza, estão a motivar manifestações um pouco por todo o mundo. Em Bruxelas, cerca de cem pessoas juntaram-se frente à embaixada de Israel. O protesto pacífico durou cerca de uma hora, durante a qual os manifestantes entoaram cânticos e agitaram bandeiras palestinianas.

Bastante mais participada e agitada foi a manifestação em Copenhaga, na Dinamarca, que juntou cerca de quatro mil pessoas, também frente à embaixada de Israel. A polícia usou gás lacrimogéneo para dispersar um grupo de manifestantes que começou a apedrejar os agentes presentes no local.

Em Istambul, na Turquia, cerca de 300 pessoas juntaram-se para uma cerimónia fúnebre simbólica pelas vítimas dos bombardeamentos israelitas em Gaza, depois das tradicionais orações de sexta-feira. Durante o protesto, ouviram-se palavras de ordem de apoio ao Hamas e pedindo a intervenção da Turquia no conflito.

No Bangladeche, as manifestações juntaram milhares de pessoas, na maioria apoiantes do partido Movimento Islâmico, depois das celebrações do Eid al-Fitr na principal mesquita da capital Daca. Isto apesar dos apelos do governo à contenção no quadro do surto de Covid-19 que assola o subcontinente indiano.