This content is not available in your region

Netanyahu promete continuar ofensiva

Access to the comments Comentários
De  Ricardo Figueira
euronews_icons_loading
Netanyahu promete continuar ofensiva
Direitos de autor  Hatem Moussa/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.

O Hamas respondeu aos mais recentes ataques israelitas na Faixa de Gaza com uma nova chuva de roquetes sobre Telavive, fazendo um morto. Isto depois de um dia particularmente sangrento, que começou com a morte de uma família de 10 palestinianos em Gaza, incluindo várias crianças, marcado também pela destruição de um prédio de 12 andares que abrigava a agência noticiosa Associated Press, o canal de TV Al Jazeera e outros meios de comunicação.

O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, diz que isto é algo que nenhum país pode tolerar: "Israel respondeu com força aos ataques e é assim que vai continuar a responder até que a segurança do povo seja restaurada".

Israel respondeu com força aos ataques e é assim que vai continuar a responder até que a segurança do povo seja restaurada.
Benjamin Netanyahu
Primeiro-ministro de Israel

O líder do Hamas, Ismail Haniyeh, esteve presente numa manifestação contra a ação israelita em Doha, no Qatar: "Este exército criminoso mata mulheres e crianças com caças F-16. Pensam que podem deter a resistência popular", disse.

Em Belém, ma Cisjordânia, uma manifestação lembrou os 73 anos da Naqba, o êxodo dos árabes da Palestina durante a criação de Israel. A manifestação ganhou uma especial importância no contexto dos atuais ataques. Vários manifestantes queimaram bandeiras israelitas e atiraram pedras aos soldados do Tsahal que estavam presentes e que responderam com gás lacrimogéneo.