Última hora
This content is not available in your region

Aberta investigação sobre cargueiro em chamas no Sri Lanka

euronews_icons_loading
Aberta investigação sobre cargueiro em chamas no Sri Lanka
Direitos de autor  Eranga Jayawardena/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

O desastre ambiental agrava-se nas costas de Colombo. Foi aberta uma investigação criminal e a tripulação começou a ser interrogada sobre um incêndio que se prolonga há doze dias num navio de carga.

O porta-contentores com bandeira de Singapura, MV X-Press Pearl, que transportava 25 toneladas de ácido nítrico, plásticos, lubrificantes e outros produtos químicos, começou a arder quando se preparava para entrar no porto de Colombo. Foram derramadas toneladas de detritos que chegam às praias do Sri Lanka, causando danos colossais ao ambiente.

Segundo a Autoridade de Proteção do Ambiente Marinho do Sri Lanka, o capitão do navio já teria notado uma fuga de ácido nítrico a 11 de maio, antes do navio ter entrado em águas do Sri Lanka. Três membros da tripulação já foram interrogados.

Grande parte da carga ficou destruída e oito contentores caíram no Oceano Índico. A pesca foi proibida num raio de 80 km. Este já é considerado um dos piores desastres ecológicos marítimos de sempre Sri Lanka.