Última hora
This content is not available in your region

Sozinhos no dia da criança

euronews_icons_loading
Crianças em Moçambique
Crianças em Moçambique   -   Direitos de autor  euronews
Tamanho do texto Aa Aa

Moçambique celebra esta terça-feira o dia da criança mas apesar das brincadeiras, a vida está longe de ser fácil para os mais novos. Pelo menos dois mil menores vão passar o dia sem as famílias no norte do país devido ao conflito armado em Cabo Delgado. De acordo com a UNICEF, mais de metade dos deslocados são crianças e as necessidades são muitas.

Cláudio Julaia, especialista em emergência da UNICEF em Moçambique, aponta as principais carências:

"As crianças precisam, maioritariamente, de assistência alimentar, precisam de abrigo, uma vez que se deslocaram dos seus locais de origem, e precisam de outros bens não alimentares como roupas, mantas, utensílios de cozinha. Naturalmente têm outras necessidades principais. O acesso à água, o acesso à escola e o acesso a serviços básicos de saúde."

A UNICEF tem tentado identificar famílias de acolhimento para estas crianças mas as dificuldades não se limitam aos menores. A Rede de Alerta Antecipado de Fome avisa que os recursos do Programa Alimentar Mundial para a região apenas são suficientes para garantir assistência alimentar até julho.