Última hora
This content is not available in your region

AstraZeneca deve entregar 50 milhões de doses à UE até 27 de Setembro

De  euronews
euronews_icons_loading
AstraZeneca deve entregar 50 milhões de doses à UE até 27 de Setembro
Direitos de autor  Virginia Mayo/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

AstraZeneca e União Europeia reclamaram vitória num conflito judicial sobre as alegações que o fabricante de vacinas contra a Covid-19 não estava a produzir vacinas com rapidez suficiente.

O contrato da AstraZeneca com a Comissão previa a distribuição inicial de 300 milhões de doses, com uma opção para mais 100 milhões, mas a entrega foi muito mais lenta do que as previsões iniciais da empresa.

Um tribunal belga ordenou nesta sexta-feira que a empresa farmacêutica entregasse 50 milhões de doses aos membros da UE até 27 de Setembro, menos do que Bruxelas tinha exigido.

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, diz que são bons resultados para a Europa. E que é também um reconhecimento claro os acordos de compra antecipada têm uma base jurídica sólida. Concluindo que a estratégia de vacinação da União Europeia produz resultados.

A AstraZeneca foi encarada como sendo um pilar fundamental do lançamento da vacina. Ambos os lados reclamaram a vitória, tendo a Comissão Europeia sublinhado que a empresa não honrou os compromissos e pede uma penalização financeira de 10 euros por cada dose que não for entregue.