Última hora
This content is not available in your region

Padre ortodoxo grego detido depois de atacar dez pessoas com ácido

De  Bruno Sousa
euronews_icons_loading
Mosteiro Petraki, Atenas
Mosteiro Petraki, Atenas   -   Direitos de autor  Petros Giannakouris/The Associated Press
Tamanho do texto Aa Aa

Um padre ortodoxo grego foi detido depois de ter atacado dez pessoas com ácido no mosteiro Petraki, em Atenas. O ataque aconteceu numa audiência com vários bispos onde se discutia a sua destituição por ter sido preso por posse de droga. O atacante visou as caras e mãos dos presentes com um líquido corrosivo que, de acordo com a imprensa local, tinha comprado na internet.

As vítimas foram imediatamente levadas para o hospital mas não correm perigo de vida. Três pessoas, no entanto, sofreram queimaduras graves e terão de se submeter a cirurgias plásticas.

Já o atacante, foi internado numa instituição psiquiátrica. De acordo com o advogado, "a pessoa detida tem uma doença mental e estava a tomar antidepressivos poderosos".

Será agora submetido a uma avaliação do seu estado mental, para já, as autoridades consideram que não está em condições de testemunhar.