Última hora
This content is not available in your region

Rússia apela à vacinação para travar subida nos casos de covid-19

De  Bruno Sousa
euronews_icons_loading
Campanha de vacinação contra a covid-19 na Rússia
Campanha de vacinação contra a covid-19 na Rússia   -   Direitos de autor  Pavel Golovkin/The Associated Press
Tamanho do texto Aa Aa

A covid-19 tem vindo a subir de forma preocupante na Rússia e voltou a bater recordes. Este sábado foram registados 25 142 novos casos da doença, o número mais elevado desde 2 de janeiro e que fecha uma semana onde por cinco vezes foi batido o recorde de mortes associada à doença. Este domingo perderam a vida 663 pessoas, ainda assim uma ligeira redução relativamente ao máximo registado no sábado (697 óbitos).

As autoridades apelam à vacinação, mas a população desconfia das vacinas russas e só 16% está imunizada.

Também a Organização Mundial da Saúde faz um apelo à imunização da população. Tedros Adhanom Ghebreyesus alerta que "nos países onde a taxa de vacinação é baixa, as cenas horríveis de hospitais sobrelotados tornaram-se a norma".

A subida dos números na Rússia deve-se à variante Delta. O diretor-geral da OMS pede esforços redobrados, uma vez que a estirpe "irá continuar a evoluir e sofrer mutações", obrigando a uma avaliação e ajustamentos constantes das autoridades de saúde."