Última hora
This content is not available in your region

"Tragédia" na Europa central

De  euronews
euronews_icons_loading
"Tragédia" na Europa central
Direitos de autor  AFP
Tamanho do texto Aa Aa

O mau tempo na Europa central já fez, pelo menos 50 mortos, de acordo com o último balanço da Comissão Europeia.

A Alemanha é o país mais atingido pelas fortes chuvas e consequentes inundações. As autoridades confirmaram já, a morte de 45 pessoas. Há dezenas de desaparecidos.

A chanceler germânica, Angela Merkel afirmou que o país vive uma autêntica "tragédia", sendo o estado da Renânia-Palatinado a região mais atingida.

Uma alemã conta que tudo aconteceu muito rápido e que só tiveram tempo de fugir...

Na Bélgica, as intempéries mataram, pelo menos, quatro pessoas, de acordo com os serviços locais de emergência, no entanto, os "media" do país afirmam que há pelo menos seis mortos.

O Governo mobilizou o exército, enviando militares para quatro das dez províncias do país, para ajudar a proteção civil nas operações de socorro e nas evacuações de várias localidades.

Uma residente, da localidade de Purgatoire, afirmou estar revoltada com a inércia da Câmara Municipal local, pois as sarjetas estavam por limpar e os bombeiros demoraram muito tempo a chegar. A mulher afirma que há pessoas presas em residências e que não havia barcos para resgatar os idosos.

O mau tempo está, também, a afetar o Luxemburgo e os Países Baixos.

A província holandesa de Limburgo sofreu danos consideráveis. Várias estradas foram encerradas devido ao risco de inundações.

Já em França, as intempéries levaram ao corte da eletricidade em várias localidades na região de Lorena.