Última hora
This content is not available in your region

Dia de ouro para Itália

Access to the comments Comentários
De  Ricardo Figueira
euronews_icons_loading
Antonella Palmisano, vencedora dos 20 km marcha,
Antonella Palmisano, vencedora dos 20 km marcha,   -   Direitos de autor  Eugene Hoshiko/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

Nos Jogos Olímpicos de Tóquio, esta sexta-feira foi um dia em cheio para Itália, que conseguiu três medalhas de ouro num só dia, o que não acontecia desde 1960, quando o país organizou os jogos em Roma.

O quarteto italiano liderado pelo campeão olímpico Lamont Marcell Jacobs venceu a estafeta 4x100mmasculina, à frente do Reino Unido e do Canadá. Na mesma disciplina, mas em femininos, foi a Jamaica a vencer. Uma medalha de ouro previsível, depois de o país ter ocupado todos os três lugares do pódio na prova individual. As jamaicanas venceram à frente do Reino Unido e dos Estados Unidos.

O dia de ouro italiano continuou com a vitória de Antonella Palmisano nos 20 quilómetros marcha. A colombiana Sandra Arenas foi a segunda classificada e a chinesa Liu Hong, campeã olímpica no Rio de Janeiro, foi medalha de bronze. A portuguesa Ana Cabecinha dececionou, ao ter o pior resultado da carreira, com um vigésimo lugar.

A terceira medalha de ouro que a Itália conseguiu neste dia foi no karaté. Luigi Busa venceu a final da disciplina de karaté kumité, em menos de 75 quilos, face a Rafael Aghayev, do Azerbaijão.