Última hora
This content is not available in your region

"Vão começar a III Guerra Mundial? "

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
"Vão começar a III Guerra Mundial? "
Direitos de autor  Nikolay Petrov/BelTA
Tamanho do texto Aa Aa

Um ano depois de ser reeleito, o presidente da Bielorrússia disse que as eleições presidenciais foram justas e transparentes. Numa conferência de imprensa, no edifício do Palácio Presidencial, Alexander Lukashenko reagiu ao anúncio de novas sanções impostas pelo Reino Unido.

“Vão começar a III Guerra Mundial. Querem isso? Estão a empurrar-nos e aos russos para isso? Querem ganhar esta guerra? Não haverá vencedores! E se houver, não serão vocês! Enquanto reagimos calmamente a tudo isto, vamos sentar-nos à mesa das negociações e começar a pensar em como ultrapassar esta situação", afirmou o presidente da Bielorrússia.

Na Lituânia, para assinalar o primeiro ano desde a reeleição de Lukashenko, a líder da oposição pediu mais sanções contra o governo de Minsk.

Para Svetlana Tikhanovskaya, a crise só será resolvida quando todos os presos políticos forem libertados e quando for realizada uma nova eleição presidencial, democrática sob observação internacional. Tikhanovskaya diz que é impossível lidar com este regime e “com um presidente ilegítimo que só mantém o poder graças à violência e às torturas e repressões".

Desde a reeleição de Alexander Lukashenko, foram vários os meses de manifestações. Mas os protestos não conduziram ao diálogo e o governo de Minsk respondeu com milhares de detenções. As principais figuras da oposição estão no exílio e, atualmente, há manifestações de bielorrussos nos países bálticos e na Polónia.