Última hora
This content is not available in your region

Chamas descontroladas em Eubeia

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Chamas descontroladas em Eubeia
Direitos de autor  Petros Karadjias/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

Os voluntários trabalham com os bombeiros no combate aos fogos que continuam a devastar a ilha grega de Eubeia. O principal objetivo é criar um perímetro de segurança e manter as propriedades longe das chamas. Os residentes criticam o pedido das autoridades locais para deixarem as casas e abandonarem a área dos fogos

“Viemos da aldeia vizinha, voluntariamente, para ajudar. Não importa quantas vezes nos digam para sair, ficaremos aqui até ao último momento para lutar, para fazer o que pudermos", afirma um dos voluntários.

O incêndio na ilha de Eubeia, que começou no dia 3 de agosto, é o mais grave entre as dezenas de que ardem em todo o país.

No início do mês, a Grécia foi atingida pela pior onda de calor em três décadas, com as temperaturas a atingir os 45 graus durante três dias consecutivos.

Durante a última semana, foram destruídas ou danificadas centenas de casas e pelo menos 40 mil hectares de floresta e mato.

Num comunicado transmitido pela televisão, o primeiro-ministro afirmou que mais de 580 incêndios deflagraram nos últimos dias em todo o país, expondo a Grécia a uma "fúria natural sem precedentes".

Kyriakos Mitsotakis pediu desculpa por possíveis "fraquezas" na resposta do Estado e garantiu que o governo “vai corrigir os erros e identificar responsáveis”.