Última hora
This content is not available in your region

Empresário canadiano Michael Spavor condenado na China

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Empresário canadiano Michael Spavor condenado na China
Direitos de autor  Mark Schiefelbein/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

O empresário canadiano Michael Spavor foi condenado a 11 anos de prisão, por tribunal chinês em Dandong. Esteve envolvido num caso de espionagem levantado poucos dias depois da prisão da diretora financeira da Huawei, Meng Wanzhou, no Canadá - efetuada a pedido dos EUA - que exigem a sua extradição. O antigo diplomata Michael Kovrig também foi preso. Para o governo canadiano trata-se de uma manobra com motivações políticas.

Nas palavras do Embaixador do Canadá, Dominc Bardon, "condenam fortemente a decisão proferida após um processo legal que careceu de justiça e transparência". Mantendo, tal como no início, a posição que Michael Spavor e Michael Kovrig estão a ser detidos de forma arbitrária.
DOMINIC BARTON
Embaixador Canadá

Nos últimos dias, outro tribunal chinês tinha rejeitado o recurso de um outro cidadão canadiano contra uma sentença de morte, por delitos relacionados com drogas e de um segundo caso de espionagem.

Observadores acreditam que estas decisões judiciais contra cidadãos canadianos na China estão relacionadas ao caso da diretora financeira da Huawei, cuja prisão no Canadá terá dado origem a um conflito nas relações bilaterais entre os dois países.