Última hora
This content is not available in your region

Presidente francês visita Mossul

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Presidente francês visita Mossul
Direitos de autor  STR/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.
Tamanho do texto Aa Aa

O presidente francês visitou, este domingo, a cidade iraquiana de Mossul, antigo reduto do autodenominado Estado Islâmico. Emmanuel Macron visitou a emblemática mesquita sunita Al Nuri, destruída pela organização jihadista. E anunciou que um consulado francês e escolas serão reinstalados em Mossul.

“Nós, a comunidade internacional, temos um papel essencial no cerne da luta contra o terrorismo. Aquilo de que estou a falar é ainda mais importante do que enviar tropas. Trata-se de estar ao lado de um Estado soberano, de mulheres e homens com boa vontade e de comunidades que conhecem a região, e as ajudam a agir. Vamos reabrir algumas escolas graças ao fundo que criamos em janeiro de 2020 para as escolas do leste. Vamos reconstruir, para ajudar a reconstruir escolas, mas também igrejas e mesquitas. E vamos acompanhar todas as comunidades no seu trabalho", prometeu Macron.

O chefe de Estado francês reuniu-se com cristãos na Igreja de Nossa Senhora da Hora, que está a ser reconstruída pela UNESCO.

O presidente francês esteve também no palácio presidencial em Arbil, capital da região autónoma do Curdistão iraquiano, para conversar com o presidente curdo Nechirvan Barzani, assim como com o seu antecessor, Massud Barzani.