Última hora
This content is not available in your region

Há 55 milhões de pessoas com demência em todo o mundo

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Há 55 milhões de pessoas com demência em todo o mundo
Direitos de autor  previsioni OMS
Tamanho do texto Aa Aa

Há mais de 55 milhões de pessoas a viver com demência, em todo o mundo, e apenas um quarto dos países tem uma política, estratégia ou plano nacional de apoio às pessoas com demência e às suas famílias.

De acordo com o documento, metade dos países com estratégias nacionais para apoiar as pessoas com demência e as suas famílias, está na Europa.

Estas são algumas das conclusões do "Relatório sobre a situação global da resposta de saúde pública à demência" da Organização Mundial de Saúde, divulgado esta quinta-feira.

A OMS estima que dos 55 milhões de pessoas a viver com demência, em todo o mundo, 8,1% são mulheres e 5,4% são homens com mais de 65 anos.

Estima-se que estes números subam para 78 milhões até 2030 e para 139 milhões até 2050.

A demência é causada por uma variedade de doenças e lesões que afetam o cérebro, tais como a doença de Alzheimer ou um acidente vascular cerebral. Afeta a memória e outras funções cognitivas, e também a capacidade de executar tarefas quotidianas.

A incapacidade associada à demência é um fator determinante dos custos relacionados com a doença. Em 2019, o custo global afetado para a demência foi estimado em cerca de 1,1 biliões de euros. Prevê-se que o custo aumente para 1,4 biliões de euros até 2030, ou 2,4 biliões de euros, se corrigido por aumentos nos custos dos cuidados.