Última hora
This content is not available in your region

Carlos Queiroz é o novo selecionador do Egito

Access to the comments Comentários
De  Francisco Marques
euronews_icons_loading
Carlos Queiroz, em setembro de 2019
Carlos Queiroz, em setembro de 2019   -   Direitos de autor  AP Photo/Lynne Sladky
Tamanho do texto Aa Aa

Carlos Queiroz é o novo selecionador do Egito. O treinador português foi confirmado no lugar esta quarta-feira, num comunicado da Federação Egípcia de Futebol.

Queiroz, de 68 anos, sucede a Hossam El-Badry, de 61. O treinador egípcio tinha pegado na equipa dos "farós" em 2019 e mesmo sem ter consentido qualquer derrota acabou afastado da equipa no meio da qualificação para o Mundial de 2022, no Qatar. El-Badry somava 10 jogos, seis vitórias e quatro empates.

A federação egípcia informou em comunicado que Carlos Queiroz é esperado no Cairo no final da próxima semana.

O português vai liderar uma equipa técnica de seis elementos, incluindo três assistentes egípcios, um adjunto não egípcio, um analista de "performance" e um especialista de reabilitação.

O Egito, que tem no avançado do Liverpool Mohamed Salah a grande estrela, é o segundo classificado no grupo F da segunda fase de qualificação da Confederação Africana de Futebol, atrás da Líbia e com Angola em último.

Só o primeiro classificado do grupo é apurado diretamente e essa é a missão de Queiroz, treinador bicampeão do Mundo de sub-20 por Portugal e já com várias presenças em Mundiais de futebol, em especial com a seleção do Irão. O Egito é a sexta seleção na carreira do treinador, tendo ainda som,ado passagens pelas equipas dos Emirados Árabes Unidos e África do Sul.