EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

OMS ataca países mais ricos

Tedros Adhanom Ghebreyesus
Tedros Adhanom Ghebreyesus Direitos de autor Balazs Mohai/MTVA - Media Service Support and Asset Management Fund
Direitos de autor Balazs Mohai/MTVA - Media Service Support and Asset Management Fund
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Tedros Adhanom Ghebreyesus defende o acesso às vacinas para os países mais vulneráveis e diz que estes não podem ficar com os restos

PUBLICIDADE

A Organização Mundial da Saúde opôs-se à terceira dose da vacina contra a covid-19 e disparou na direcção dos países mais ricos, pedindo mais solidariedade com quem não consegue ter acesso à vacina.

Tedros Adhanom Ghebreyesus disse que "não podia ficar em silêncio quando quem controla a produção acredita que os mais pobres se podem contentar com restos."

O secretário-geral da OMS lamentou ainda que dos mais de mil milhões de doses prometidas pelos países de maiores rendimentos, menos de 15% se tinha materializado.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

OMS estima que morreram 115 mil profissionais de saúde em 17 meses

Guerra em Gaza: quase 27.000 mortos e 66.000 feridos

População da China diminui pelo segundo ano consecutivo