Última hora
This content is not available in your region

Protestos contra o passe sanitário

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Protestos contra o passe sanitário
Direitos de autor  Thibault Camus/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de pessoas voltaram a manifestar-se num grande número de cidades francesas, pela nona semana consecutiva, contra o passe sanitário.

Em Paris, centenas de enfermeiros e médicos participaram num dos protestos, a poucos dias da entrada em vigor da vacinação obrigatória para os profissionais de saúde.

Depois de três semanas em baixa, as autoridades esperavam um reforço da mobilização, estimando 170.000 manifestantes em toda a França.

Um dos cortejos na capital francesa foi convocado e liderado por figuras emblemáticas do movimento dos "coletes amarelos".

Obrigatório desde 21 de julho nos locais que recebem mais de 50 pessoas, o passe sanitário foi alargado aos hospitais - exceptuando as urgências -, aos bares, aos grandes centros comerciais e aos 1,8 milhões de funcionários em contacto direto com o público.