Última hora
This content is not available in your region

Afeganistão em debate no Parlamento Europeu

Access to the comments Comentários
De  Patricia Tavares
euronews_icons_loading
Afeganistão em debate no Parlamento Europeu
Direitos de autor  Julien Warnand/AP
Tamanho do texto Aa Aa

Os Eurodeputados discutiram os desafios humanitários e de segurança no Afeganistão, num debate, no Parlamento Europeu, em Estrasburgo.

O Alto Representante da União Europeia para a Política Externa, Josep Borrell, disse que o bloco está pronto para dar início a conversações com os Talibãs - mas mediante condições.

Os preços dos alimentos estão a subir. O sistema financeiro está em queda livre. A Comissão Europeia decidiu multiplicar por 4 a nossa ajuda, de 50 para 200 milhões de euros - 4 vezes mais, mas ainda é uma gota de água no oceano. Para termos alguma hipótese de influenciar os acontecimentos, não temos outra opção senão envolvermo-nos com os talibãs. Envolvimento não significa reconhecimento. Não. Significa falar, discutir e concordar - quando possível.
JOSEP BORRELL
Chefe da diplomacia europeia

A União Europeia está empenhada em ajudar a população afegã e a deslocar cidadãos que desejem partir, mas para isso tem de lidar com os Talibãs.

A necessidade de dar apoio a pessoas desprotegidas, as questões de segurança depois da tomada do poder pelos Talibãs e as futuras relações com as novas autoridades afegãs também são uma prioridade.