Última hora
This content is not available in your region

Campeã de xadrez processa Netflix

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Nona Gaprindashvili (ARQUIVO)
Nona Gaprindashvili (ARQUIVO)   -   Direitos de autor  VANO SHLAMOV/AFP
Tamanho do texto Aa Aa

Nona Gaprindashvili, a mais destacada jogadora de xadrez da Geórgia, tem agora 80 anos e diz-se alvo de difamação na série da Netflix Gambito de Dama.

Num dos episódio da série, é dito que Gaprindashvili "nunca defrontou um homem". Em 1968, ano em que esse episódio se passa, a georgiana tinha competido contra pelo menos 59 jogadores de xadrez masculinos.

"Estamos a trabalhar com advogados norte-americanos há oito meses. Comunicámos com a Netflix durante este tempo. Demos à empresa oportunidade para pedir desculpa ou corrigir a difamação intencionalmente espalhada, mas infelizmente esta recusou," explica Rusudan Maisuradze, advogada da antiga campeã de xadrez da Geórgia.

Sem acordo, Nona Gaprindashvili pede à Netflix 5 milhões de dólares - cerca de 4 milhões e duzentos mil euros - por compensação por uma frase que considera "sexista e difamatória".