Última hora
This content is not available in your region

As particularidades do sistema eleitoral alemão

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
As particularidades do sistema eleitoral alemão
Direitos de autor  euronews
Tamanho do texto Aa Aa

Este domingo, a Alemanha elege um novo parlamento através de um sistema eleitoral que tem algumas particularidades interessantes.

Na Alemanha, os mais de 60 milhões de eleitores terão de votar duas vezes. A primeira votação serve para eleger um candidato do círculo eleitoral do votante. Cada partido pode nomear uma pessoa. Quem conseguir mais votos recebe um mandato direto e integra o parlamento. Deste modo elegem-se 299 deputados. Todas as regiões ficam representadas.

O segundo voto é um voto num partido. É ainda mais importante do que a primeira votação, porque determina a maioria que vai formar governo.

A euronews falou com Daniel Kraft, responsável de comunicação da Agência Federal de Educação Cívica.

euronews: "Publicou na Internet o chamado Wahl-O-Mat que ajuda as pessoas a tomar uma decisão. Como funciona?

Daniel Kraft: "No Wahl-O-Mat, comparamos as nossas posições pessoais com as dos partidos políticos. 38 partidos participam no Wahl-O-Mat. Clicamos num formulário online e comparamo-nos com as posições e teses deles, e no final fica a saber qual é o partido mais próximo da sua opinião"

euronews: "Quantas pessoas participaram até agora?"

Daniel Kraft: "Podemos dizer que o Wahl-O-Mat se tornou num desporto popular. Foi utilizado por um quarto dos eleitores nas últimas eleições federais. No total, 15,7 milhões de pessoas. É um grande sucesso e é bom saber que um serviço de informação, que não faz mais do que discutir questões, é tão popular. Mostra que, se abordarmos a política de uma forma lúdica, até mesmo os programas do partido são emocionantes e vale a pena lê-los".

Quarenta partidos concorrem às eleições alemãs. Para eleger pelo menos 598 deputados. A percentagem de votos de cada partido é decidida na segunda votação. Se um partido obtém 30 por cento dos votos, obtém pelo menos 30 por cento dos assentos parlamentares. Por outro lado, apenas os partidos que ultrapassam a barreira dos cinco por cento dos votos podem eleger deputados

Em relação à distribuição dos assentos parlamentares: primeiro, distribuem-se os lugares dos candidatos eleitos diretamente. Em seguida, os das listas nacionais. Se a distribuição dos assentos parlamentares não corresponder à proporção dos segundos votos, estão previstos ajustes até que a proporção esteja correta. E por isso, há sempre mais deputados no parlamento alemão do que os 598 previstos. Por exemplo, em 2017, houve 709 deputados. Desta vez, espera-se que haja ainda mais.