Última hora
This content is not available in your region

Vulcão em La Palma: Mais explosões, mais lava e aeroporto bloqueado

Access to the comments Comentários
De  euronews, Televisão das Canárias
euronews_icons_loading
Vulcão em La Palma: Mais explosões, mais lava e aeroporto bloqueado
Direitos de autor  Emilio Morenatti/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

O Vulcão "Cumbre Vieja" que está em erupção há cinco dias, na ilha de La palma, nas Canárias abriu uma nova fissura que agravou a situação nas últimas horas.

Os serviços de emergência deram ordem a dezenas de pessoas de três aldeias para abandonarem tudo. Mais explosões, mais lava e mais fumo mas, por outro lado, não foi registado nenhum sismo nas últimas 24 horas, de acordo com o Instituto Geográfico Nacional de Espanha. Nenhum sismo depois de, durante uma semana e meia, terem sido registados 1.130 abalos de terra já depois do vulcão ter entrado em erupção.

A companhia aérea regional interrompeu temporariamente os voos devido a uma enorme nuvem de cinzas que acabou por pausar na pista. A empresa gestora dos aeroportos e do tráfego aéreo (AENA) afirmou que se deu início às tarefas de limpeza, podendo a navegação aérea ser retomada a qualquer momento.

A AENA [Aeroportos Espanhóis e Navegação Aérea] informou que os demais aeroportos das Ilhas Canárias estão operacionais, embora recomende aos viajantes que verifiquem com as suas companhias aéreas a situação de seus voos.

“A prioridade é garantir a segurança das operações”, disse o responsável do aeroporto de La Palma.

Entretanto, de acordo a informação avançada à EFE, a companhia aérea das Canárias Binter, que tinha suspendido na sexta-feira voos devido ao comportamento das nuvens de cinza, retomou os seus horários com a ilha de La Gomera e com os aeroportos de Tenerife Norte e Sul, mas mantém os voos de e para La Palma encerrados.

A lava destruiu quase 400 edifícios em La Palma, incluindo muitas casas de primeira habitação.

Estima-se que o magma inundou 180 hectares. Numa ilha onde se vive do terreno agrícola teme-se que a população fique sem meio de subsistência.

Esta semana, Pedro Sanchez anunciou um pacote de medidas para ajudar a recuperar a ilha e "reconstruir" o que ficou debaixo de lava.