EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Ucrânia homenageia vítimas de Babi Yar

Volodymyr Zelenskyy colocou uma coroa de flores no monumento dedicado às vítimas
Volodymyr Zelenskyy colocou uma coroa de flores no monumento dedicado às vítimas Direitos de autor euronews
Direitos de autor euronews
De  euronews com EFE
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

80° aniversário do massacre de 34 mil judeus durante a II Guerra Mundial

PUBLICIDADE

A Ucrânia lembrou as vítimas do massacre de Babi Yar.

Há 80 anos, durante a II Guerra Mundial, o exército nazi massacrou cerca de 34 mil judeus nos arredores de Kiev.

Esta terça-feira, o presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskyy, colocou uma coroa de flores no monumento dedicado às vítimas e as escolas do país incluíram no programa uma aula sobre a tragédia de Babi Yar.

O primeiro dos massacres teve lugar entre 29 e 30 de setembro de 1941, quando quase 34.000 judeus ucranianos foram fuzilados no que é considerado um dos maiores assassinatos do Holocausto numa única operação. Einsatzgruppen - esquadrões da morte compostos por membros das SS - conduziram crianças, mulheres e homens indiscriminadamente para a beira do barranco, onde foram sistematicamente executados, caindo os seus corpos nus numa enorme e anónima vala comum.

Estima-se que em 1943 mais de 100.000 cidadãos foram vítimas de limpeza étnica em Babi Yar, a maioria deles judeus, bem como ciganos, prisioneiros de guerra soviéticos, comunistas, nacionalistas ucranianos e outros inimigos da Alemanha de Hitler.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Lembrar o massacre de Babi Yar num novo momento de tensão na Ucrânia

Ucrânia lembra massacre de Babi Yar

Zelenskyy pede fim das restrições à utilização de armamento norte-americano contra a Rússia