Covid-19: Corrida às vacinas provoca longas filas em Luanda

AFP
AFP Direitos de autor AFP
De  euronews com AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Muitos angolanos decidiram vacinar-se depois do governo ter apertado restrições

PUBLICIDADE

A vacinação contra a covid-19 está a provocar longas filas em Luanda, na capital de Angola.

A corrida à vacina começou depois de o governo anunciar que a partir de 15 de outubro é obrigatório certificado digital em locais de serviços públicos e locais fechados, como restauração ou comércio.

No posto de vacinação no Bairro Cazenga, em Luanda, a polícia coordena a fila para que não haja distúrbios.

Há pessoas de todas as idades mas foram sobretudo os jovens que decidiram levar a primeira dose devido às novas restrições, tal como conta Isabel Pedro, estudante, que diz que recorreu à primeira dose da vacina depois de ter visto na televisão que precisava de estar vacinada para entre na escola. 

Angola quer vacinar contra a covid-19 60% da população até ao dezembro deste ano. Ou seja, sete milhões e 800 mil angolanos com mais de 18 anos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Café, o "ouro negro" que Angola quer exportar

BioNTech quer levar para África unidades de produção móvel de vacinas

Covid-19: Bruxelas e Astrazeneca entendem-se sobre vacinas