This content is not available in your region

Centenas de pessoas na homenagem a David Amess

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Centenas de pessoas na homenagem a David Amess
Direitos de autor  AP Photo

Centenas de pessoas participaram na vigília em memória de David Amess. O deputado britânico morreu esta sexta-feira, depois de ser esfaqueado num encontro com eleitores em Leigh-on-Sea, no sudeste de Inglaterra.

A morte do Amess reabriu o debate sobre a necessidade de segurança dos deputados durante as atividades diárias. A ministra britânica do Interior anunciou que está em curso uma revisão das medidas de segurança de todos os 600 membros do Parlamento.

Pouco depois do crime, a polícia deteve um homem de 25 anos. Segundo as informações avançadas Polícia Metropolitana de Londres, o assassinato está a ser investigado como um ato terrorista.

Os membros da comunidade muçulmana de Southend mostraram choque e tristeza e sublinharam que o Islão é uma religião de paz.

Mahmudul Hasan, imã de uma mesquita local, falou de um amigo, de um guardião e de uma pessoa muito próxima. Contou que sempre que Amess recebia uma carta com dúvidas ou questões na rua respondia rapidamente. Disse que o deputado era muito solidário com toda a comunidade, assistiu a muitas celebrações na mesquita e era uma pessoa muito alegre e gentil.

Líderes de todos os partidos políticos participaram na homenagem a David Amess, entre eles o primeiro-ministro Boris Johnson, a ministra do Interior Priti Patel e o líder do Partido Trabalhista Keir Starmer.