This content is not available in your region

Parlamento britânico homenageia David Amess

Access to the comments Comentários
De  Nara Madeira  com AFP, AP
euronews_icons_loading
Parlamento britânico homenageia David Amess
Direitos de autor  Kirsty Wigglesworth/The Associated Press

De semblante carregado, os deputados britânicos prestaram a sua última homenagem a David Amess, na Igreja de Santa Margarida, na abadia de Westminster. Antes, na Câmara dos Comuns, fez-se um minuto de silêncio e o primeiro-ministro Boris Johnson fez um tributo ao deputado falecido.

Boris Johnson afirmou que aquela câmara "precisa de pessoas como David Amess" e que a política britânica também, "pessoas dedicadas, apaixonadas, firmes nas suas crenças, mas mantendo o respeito por aqueles que pensam de forma diferente", afirmou o chefe do executivo britânico.

Keir Starmer, líder do partido Trabalhista também relembrou Amess como "__um funcionário público empenhado, bondoso, um homem cuja decência tocou toda a gente que conheceu".

Ao visitar a cena do crime, a família de Amess mostrou-se "completamente destroçada" com a sua morte, mas apelou à tolerância.

Amess, de 69 anos, foi assassinado na sexta-feira durante um encontro com eleitores no condado de Essex, no sudeste de Inglaterra.

Um homem de 25 anos foi preso por suspeita de homicídio que a polícia está a considerar como um ato de terrorismo.