Cabo Verde elege José Maria Neves, o presidente que quer "dialogar com todos"

Access to the comments Comentários
De  Euronews  com LUSA
José Maria Neves eleito Presidente da República de Cabo Verde
José Maria Neves eleito Presidente da República de Cabo Verde   -  Direitos de autor  ELTON MONTEIRO/ 2021 LUSA - Agência de Notícias de Portugal, S.A.

Cabo Verde elegeu, este domingo, José Maria Neves para presidente da república, com 51,5% dos votos, de acordo com os dados do apuramento provisório. O antigo primeiro-ministro ganhou assim na primeira volta as eleições presidenciais deixando para trás o principal opositor, Carlos Veiga, com 42,6% da votação.

No discurso de vitória, José Maria Neves salientou a missão de unir o país. O presidente eleito admitiu já que vai "dialogar com todos" tendo em vista a recuperação económica Cabo Verde.

"Trabalharei para unir os cabo-verdianos. Serei o presidente de todos os cabo-verdianos. Serei um árbitro imparcial, um fiscalizador da ação governamental, um apaziguador de conflitos, um presidente que irá colaborar com o governo e com as autoridades locais e com a sociedade cabo-verdiana", afirmou o sucessor de Jorge Carlos Fonseca, do MpD, na presidência do país.

Segundo dados atualizados às 21h00 (hora local) pela Direção Geral de Apoio ao Processo Eleitoral (DGAPE) e pela Comissão Nacional de Eleições (CNE), José Maria Neves contabilizava 93.149 votos, enquanto Carlos Veiga, também antigo primeiro-ministro (1991 a 2000), voltou a falhar a eleição, pela terceira vez (2001 e 2006), garantindo 77.018 votos.

Nestas sétimas eleições presidenciais o candidato Casimiro de Pina arrecadou até ao momento (97% das mesas apuradas) 3.254 votos (1,8%), Fernando Rocha Delgado 2.509 votos (1,4%), Hélio Sanches 2.102 votos (1,2%), Gilson Alves 1.546 votos (0,9%) e Joaquim Monteiro 1.365 votos (0,8%).

Apurada a esmagadora maioria das mesas, foram também conhecidos os números da abstenção, com 51,7% dos eleitores a optarem por ficar em casa.

Numa declaração pelas 21h10 locais, Carlos Veiga admitiu o resultado e disse que já felicitou telefonicamente José Maria Neves "pela eleição a Presidente da República".

"O povo falou e a democracia triunfou", afirmou Carlos Veiga, que nesta candidatura contou com o apoio do Movimento para a Democracia (MpD, no poder) e da União Caboverdiana Independente e Democrática (UCID).

Atualmente professor universitário, José Maria Neves, 61 anos, contou nesta candidatura com o apoio do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV, oposição), que liderou e pelo qual foi primeiro-ministro de 2001 a 2016.

José Maria Neves já foi dirigente partidário – presidente do PAICV e militante há cerca de 40 anos -, deputado nacional, presidente de câmara (Santa Catarina) e ministro.

Esta foi a primeira vez que Cabo Verde registou sete candidatos à presidência da república em eleições diretas. Até aqui, o máximo registado era de quatro candidatos.

A eleição de José Maria Neves já foi felicitada pelo presidente da república de Portugal. Ao telefone, Marcelo Rebelo de Sousa foi também convidado para estar presente na tomada de posse.