This content is not available in your region

Roménia enfrenta nova vaga da Covid-19

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Roménia enfrenta nova vaga da Covid-19
Direitos de autor  Andreea Alexandru/The Associated Press.

A Roménia está novamente em alerta e enfrenta uma nova vaga da pandemia da Covid-19.

Com pouco mais de um terço da população vacinada (apenas 34% dos adultos estão completamente vacinados), contra a doença, o país registou, na terça-feira, um novo recorde de casos. Cerca de 19 mil novos infetados e 574 mortes, em 24 horas.

Vários hospitais da Roménia mostram sinais de rotura. Foram criados hospitais de campanha, mas são insuficientes. Por vezes, as ambulâncias servem de sala de espera até se conseguir uma cama. São muitos os pacientes que morreram sem a conseguirem.

O porta-voz do departamento de ambulâncias de Galati, Mihai Polinchi afirma que "estamos perante uma situação desastrosa, semelhante a um cerco. Não se enfrentou nada parecido com isto nas vagas anteriores da pandemia. 18 pessoas morreram em Galati nas últimas 24 horas e nenhuma estava vacinada".

A porta-voz do hospital de Galati, Violeta Sapira, conta que enfrentam uma avalancha de casos, com "pacientes em condições de saúde graves, todos precisam de oxigénio." Têm "70 pacientes em todas as salas de isolamento do Departamento de Emergência".

O presidente da Roménia, Klaus Iohannis, classificou a situação como "um drama nacional de proporções terríveis", exortou os romenos a serem vacinados e apelou ao Governo para que reinstitua medidas restritivas.