This content is not available in your region

Bayern traz Benfica de volta à terra com goleada

Access to the comments Comentários
De  Francisco Marques
euronews_icons_loading
Lucas Veríssimo disputa a bola com Robert Lewandoski
Lucas Veríssimo disputa a bola com Robert Lewandoski   -   Direitos de autor  PATRICIA DE MELO MOREIRA / AFP

A máquina alemã do Bayern Munique continua imparável e esta quarta-feira conseguiu nova goleada no Estádio da Luz. Os quatro golos sem resposta terão levado o Benfica, e Jorge Jesus, de volta à terra depois da vitória na ronda anterior sobre o Barcelona.

Em jogo a contar para a terceira jornada da Liga dos Campões, os bávaros até encontraram alguma resistência do Benfica. Sobretudo do guarda-redes Odysseas Vlachodimos, de novo uma das figuras em destaque nas "águias".

Durou 70 minutos a resistência "encarnada" e até com algumas boas chances de marcar travadas igualmente por grandes defesas de Manuel Neuer.

Jorge Jesus disse na antevisão que o Benfica não ia a jogo a pensar em ser goleado, mas em ganhar ou pelo menos pontuar para depois aspirar a discutir a passagem aos oitavos de final com o Barcelona, mas as "águias" acabaram mesmo goleadas.

Leroy Sané deu início e fechou a goleada. Everton Cebolinha marcou um autogolo e Robert Lewandowski também fez o gosto ao pé, com assistência de Sané.

O Bayern venceu, por 4-0, segue 100% vitorioso e ainda sem sofrer qualquer golo nesta edição da Liga dos Campeões. O Benfica registou a primeira derrota na prova.

Na outra partida do grupo, o Barcelona estreou-se estranhamente a marcar e a pontuar somente à terceira jornada, mas logo com um triunfo. Na receção ao Dinamo de Kiev bastou um golo de Piqué logo na primeira parte para devolver os sorrisos europeus às bancadas de Camp Nou.

Na próxima jornada, o Benfica desloca-se a Munique e o "Barça" à Ucrânia.

Grupo F

Em Manchester, a Atalanta entrou em campo como líder do grupo H e até chegou ao intervalo a ganhar 0-2, com um ex-Sporting, o turco Demiral, a marcar, mas na segunda parte o United deu a volta ao marcador.

A passe de Bruno Fernandes, Marcus Rashford abriu a contagem, aos 53 minutos, para os ingleses. De novo com assistência do médio ex-Sporting, o central Maguire empatou, aos 75, e à entrada dos últimos 10 minutos, Cristiano Ronaldo "subiu ao primeiro andar" para dar de cabeça o triunfo ao Manchester United.

Na outra partida do grupo, o Young Boys, da Suíça, que tinham sido a surpresa da primeira jornada ao vencerem os ingleses, foram agora goleados (1-4) em casa pelo Villarreal. Os espanhóis estrearam-se a vencer e os helvéticos caíram para o último lugar, com os ingleses agora na liderança.

Na próxima jornada, o United desloca-se a Itália e o Villarreal recebe o Young Boys.

Grupo G

O campeão francês Lille, com os portugueses José Fonte (capitão), Tiago Djaló e Renato Sanches no onze, não foi além de um empate a zero na receção ao Sevilha. Os alemães do Wolfsburgo foram perder a Salzburgo e os austríacos são agora líder isolados.

Na próxima ronda, o Lille desloca-se à Andaluzia e o Salzburgo à Alemanha.

Grupo H

A Juventus foi a São Petersburgo derrotar o Zenit, com um golo solitário de Kulusevski à beira dos 90 minutos, e segue na liderança também sem qualquer golo sofrido. O Chelsea recebeu, goleou o Malmoe e é segundo.

A "Champions" regressa no início de novembro, incluindo as visitas do Zenit a Itália e do Chelsea à Suécia.