União Europeia e Irão relançam acordo nuclear

Reeator nuclear iraniano de Arak
Reeator nuclear iraniano de Arak Direitos de autor Organização Iraniana de Energia Atómica via AP, Arquivo
De  Francisco Marques
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Responsáveis de ambos os lados anunciaram em simultâneo o regresso à mesa das negociações, em Viena, após acordo com os Estados Unidos

PUBLICIDADE

As negociações para a reanimação do programa nuclear com o Irão vão ser retomadas a 29 de novembro.

O anúncio foi feito em simultâneo, esta quarta-feira à noite, nas redes sociais, pelo secretário-geral adjunto para os Negócios Estrangeiros da União Europeia, Enrique Mora, e pelo negociador chefe iraniano Ali Baqeri Kani.

O porta-voz europeu disse que o relançamento das negociações em Viena foi acordado com as restantes partes envolvidas no chamado Plano de Ação Conjunto Global (JCPOA, na sigla em inglês), nomeadamente os Estados unidos.

O acordo foi inicialmente ratificado em julho de 2015, ainda com Barack Obama na Casa Branca, mas a eleição de Donald Trump viria a ditar o afastamento unilateral dos Estados Unidos, alegando que o Irão não estaria a respeitar os termos do acordo e que teria continuado a desenvolver o respetivo programa de armamento nuclear.

O JCPOA inclui, além do Irão e da União Europeia, o apelidado grupo P5+1, composto pelos cinco membros permanentes do Conselho de Segurança das Nações Unidas (França, Estados Unidos, China, Rússia e Reino Unido) mais a Alemanha.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ameaças para o Irão voltar aos termos do acordo nuclear sobem de tom

Irão viola acordo nuclear

"Irão não é totalmente transparente" sobre programa nuclear, avisa ONU