This content is not available in your region

Covid-19 subiu 55% na Europa

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Covid-19 subiu 55% na Europa
Direitos de autor  AP/AP

A Europa registou um aumento de 55% nos casos de contaminação por Covid-19 nas últimas quatro semanas. Um número divulgado pela Organização Mundial da Saúde, numa altura em que a situação piorou ainda mais nos últimos dias, na Europa Central.

As autoridades voltam a reforçar a necessidade de medidas de combate à pandemia. A Eslováquia aposta num confinamento parcial na próxima segunda-feira e, na Alemanha, as autoridades fazem campanha a favor de uma terceira dose da vacina.

As vacinações de reforço são importantes, tanto a comunidade médica como os governos federais e regionais concordam que qualquer pessoa que recebeu uma segunda dose da vacina há 6 meses ou mais também deve receber uma vacina de reforço.
JENS SPAHN
MINISTRO DA SAÚDE DA ALEMANHA

Entretanto a farmacêutica Pfizer anunciou que os testes clínicos confirmam a eficácia do medicamento anti-Covid em quase 90% na prevenção do risco de hospitalização ou morte.

Após três dias de sintomas, com os nossos medicamentos, tem 89% de proteção contra doenças que levam à hospitalização; e os dados indicam um percentagem de 100% de proteção contra a possibilidade morte. E mesmo se se der início ao medicamento cinco dias após a contração da COVID-19 com sintomas tem 85% de proteção.
DR. MIKAEL DOLSTEN
PFIZER

Segundo os últimos relatórios (AFP), a pandemia de Covid-19 matou mais de 5 milhões pessoas em todo o mundo desde finais de dezembro de 2019, mas a OMS estima que a taxa global pode ser duas ou três vezes superior.