EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Confinamento parcial decretado nos Países Baixos

Confinamento parcial decretado nos Países Baixos
Direitos de autor Franc Zhurda/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.
Direitos de autor Franc Zhurda/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.
De  Ricardo Figueira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Restaurantes, bares, cafés e supermercados fecham às 20:00, restante comércio às 18:00.

PUBLICIDADE

Centenas de pessoas saíram à rua e provocaram desacatos em Haia contra o confinamento parcial decretado pelo governo dos Países Baixos. Com a subida dos números da pandemia na Europa, regressa algo que muitos acreditavam estar já para trás.

 Este é o primeiro confinamento, mesmo parcial, na Europa Ocidental este outono, uma situação que vai durar pelo menos três semanas. 

Para o governo, não há outra solução: "Éinevitável regressar a medidas que tinham sido aplicadas em fases anteriores e afetam a todos, vacinados ou não. É um conjunto de medidas que terão de implantar durante três semanas, para dar tempo de adotar uma estratégia que permita atrasar a disseminação do vírus no período seguinte", disse o primeiro-ministro Mark Rutte.

É inevitável regressar a medidas que tinham sido aplicadas em fases anteriores e afetam a todos.
Mark Rutte
Primeiro-ministro dos Países Baixos

Segundo as novas medidas, os bares, restaurantes, cafés e supermercados vão ter de fechar às oito da noite, enquanto o comércio considerado não essencial fecha as portas às seis. Os eventos públicos são cancelados durante este período, mas as escolas mantêm-se abertas e as pessoas podem sair de casa sem restrições.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Autoridades iniciam operações de limpeza em Roterdão

Austríacos manifestam-se contra novo confinamento

Extrema-direita vence legislativas nos Países Baixos