This content is not available in your region

Confinamento parcial à vista nos Países Baixos

Access to the comments Comentários
De  Patricia Tavares
euronews_icons_loading
Confinamento parcial à vista nos Países Baixos
Direitos de autor  INA FASSBENDER/AFP or licensors

Confinamento parcial à vista nos Países Baixos, à medida que o surto de Covid-19 continua. O número de casos atinge níveis recorde e o governo anuncia que bares, restaurantes e lojas não essenciais terão de encerrar às 19 horas durante 3 semanas. As escolas devem permanecer abertas e o teletrabalho é fortemente encorajado.

Este é um golpe duro de várias semanas e generalizado, porque o vírus está por todo o lado, em todo o país, em todos os sectores e faixas etárias.
Mark Rutte
Primeiro-Ministro Países Baixos

Outro país fortemente afectado pela pan idemia é a Alemanha, onde foi ultrapassada a barreira das 50 mil novas infeções diárias. Na Áustria, as pessoas não vacinadas terão de ficar confinadas. O chancele do país espera a aprovação do Parlamento para lançar esta medida no próximo domingo.

Temos de proteger a maioria da população que fez a coisa certa, que se protegeu a si própria. Não estou a ver a maioria da população a mostrar-se solidária e a entrar em isolamento com a minoria.
Alexander Schallenberg
Chanceler austríaco

O Ministro da Saúde da Áustria anunciou nesta sexta-feira que a vacinação tornar-se-á obrigatória para os profissionais da saúde.

Na Rússia e pelo quarto dia consecutivo, as mortes por Covid-19 ultrapassaram as 1200. Com apenas 1/3 da população é vacinada, o Kremlin introduz feriados no final de Outubro para tentar conter o ressurgimento da Pandemia. 

Em Portugal, o governo não descarta um novo confinamento no caso da situação pandémica se agravar.