Dezenas de pessoas atropeladas em desfile nos EUA

Dezenas de pessoas atropeladas em desfile nos EUA
Direitos de autor Jeffrey Phelps/AP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Veículo abalroou dezenas de pessoas durante um desfile de Natal em Waukesha, estado norte-americano do Wisconsin.

PUBLICIDADE

Pelo menos cinco pessoas morreram e cerca de 40 ficaram feridas, este domingo, nos Estados Unidos, quando um veículo atingiu um desfile de Natal no centro da cidade de Waukesha, nos arredores de Milwaukee, no estado do Wisconsin.

De acordo com os meios de comunicação social norte-americanos, entre as vítimas estão elementos de um grupo de dança local, crianças com idades entre os 9 e os 15 anos. A população estava na rua para assistir ao desfile de Natal. Uma tradição com quase 60 anos, interrompida no ano passado por causa da pandemia.

Nos vários vídeos partilhados nas redes sociais, é possível ver um veículo vermelho a avançar contra os participantes da parada. Um suspeito foi detido mais tarde e a viatura foi recuperada. Para já ainda não foi avançada qualquer informação sobre as motivações deste ataque.

As escolas da cidade de Waukesha vão manter-se fechadas esta segunda-feira.

A polícia permanece em silêncio sobre as motivações deste incidente. Foi anunciada uma detenção, mas desconhece-se se se trata do condutor do carro. Dan Thompson, Chefe da Polícia de Waukesha, confirma apenas que "um agente disparou contra o veículo suspeito para tentar pará-lo. Nenhum transeunte foi ferido pela arma disparada. O agente envolvido trabalha no departamento há seis anos e meio".

O procurador do Estado do Wisconsin classifica o incidente como "doentio" e promete justiça para as vítimas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Nova Iorque sacudida por terramoto de 4,8 na escala de Richter, o maior em mais de 40 anos

Israel vai abrir dois corredores de ajuda humanitária em Gaza após aviso dos EUA

Homem que recebeu rim de um porco teve alta hospitalar