EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

NASA enviou uma nave para colidir com um asteroide

NASA enviou uma nave para colidir com um asteroide
Direitos de autor Bill Ingalls/(NASA/Bill Ingalls) For copyright and restrictions refer to - http://www.nasa.gov/multimedia/guidelines/index.html
Direitos de autor Bill Ingalls/(NASA/Bill Ingalls) For copyright and restrictions refer to - http://www.nasa.gov/multimedia/guidelines/index.html
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A NASA enviou uma nave espacial para colidir com um asteroide. O objetivo é tentar modificar-lhe a trajetória. Um teste para eventuais riscos futuros.

PUBLICIDADE

A NASA enviou para o espaço uma nave espacial com a missão de colidir com um asteroide.

A DART vai tentar mudar a trajetória do asteroide Dimorphos. Parece ficção, mas é bem bem real. Felizmente que, contrariamente ao que acontece nos filmes, a Terra não corre perigo. Pelo menos, por enquanto.

A missão será uma espécie de ensaio para a eventualidade de o Planeta Azul se encontrar um dia na rota de colisão de um grande asteroide.

Os peritos acreditam que conhecem apenas 40% dos asteroides que medem mais de 140 metros e são capazes de uma enorme devastação. A ideia é desenvolver uma técnica capaz de proteger a Terra em caso de ameaça no futuro.

O Dimorphos deverá ser atingido no próximo outono, a cerca de 11 milhões de quilómetros da Terra. O efeito do impacto é imprevisível porque não se conhece a composição do asteroide.

A agência espacial norte-americana repertoriou até agora mais de 27.500 asteroides de todos os tamanhos próximos da Terra mas, segundo o Diretor das Missões Científicas, Thomas Zurbuchen, nenhum representa qualquer ameaça nos próximos cem anos.

A missão - a primeira interplanetária lançada pela Spacex, de Elon Musk, para a NASA - custa 33o milhões de dólares.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

NASA diz ter desviado um pequeno asteroide da sua rota

Robô da NASA inicia busca de sinais de vida em Marte

Astronauta norte-americano regressa à Terra sob a sombra da guerra na Ucrânia