This content is not available in your region

Migração ilegal no Canal da Mancha na mira de França

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Migração ilegal no Canal da Mancha na mira de França
Direitos de autor  Javier Fergo/Copyright 2018 The Associated Press. All rights reserved

França quer um acordo entre o Reino Unido e a União Europeia para controlar a circulação ilegal de migrantes. A exigência chega dias depois do naufrágio no Canal da Mancha em que morreram 27 pessoas.

O ministro francês do Interior, Gérald Darmanin, reiterou, esta segunda-feira, a importância desse acordo, clarificando que "deve ser um acordo que regule a fronteira entre o Reino Unido e os países fronteiriços, incluindo França, em nome da União Europeia, relativamente a questões de imigração que não foram negociadas durante o mandato para o Brexit".

França exige um acordo europeu e não "unilateral" e que o governo britânico acelere o processo de migração ilegal, pois, tal como recordou o ministro francês do Interior o país recebe todos os anos 150 mil pedidos de asilo, face aos 30 mil registados pelo Reino Unido.

O governo gaulês fez também saber que vai duplicar o número de agentes ao controlo da imigração ilegal.

Desde o início do ano até 20 de novembro, 31.500 pessoas tinham já tentado atravessar de forma ilegal o Canal da Mancha; 7.800 foram resgatadas.