This content is not available in your region

WTA suspende torneios na China

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
WTA suspende torneios na China
Direitos de autor  GREG MARTIN/IOC

A WTA - a Associação de Ténis Feminino, anunciou a suspensão imediata de todos os torneios na China, no seguimento da denúncia da tenista chinesa, Peng Shuai.

A jovem, de 35 anos, desapareceu da esfera pública durante três semanas após ter acusado um alto funcionário do Partido Comunista chinês de abuso sexual.

O presidente da WTA, Steve Simon, afirmou que "em boa consciência" não podia "pedir às atletas para competirem lá quando Peng Shuai não está autorizada a comunicar livremente e parece ter sido pressionada a desmentir a alegação de agressão sexual..."

O desaparecimento de Shuai desencadeou um protesto internacional pressionando as autoridades chinesas provar o seu bem-estar.

Na rede social Twitter, a fundadora da WTA, Billie Jean King, manifestou o apoio à iniciativa de Steve Simon escrevendo que a organização estava "do lado certo da história" em relação aos torneios na China devido a preocupações sobre o tratamento dado a Peng Shuai.

Até à data, a China não procedeu a qualquer investigação sobre o caso Peng Shuai. Em outubro, Pequim emitiu uma declaração afirmando que "as pessoas devem parar de politizar e de empolar deliberada e maliciosamente a questão".