EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Tribunal Penal Internacional apela ao fim do ódio racial sobre Nagorno-Karabakh

Tribunal Penal Internacional apela ao fim do ódio racial sobre Nagorno-Karabakh
Direitos de autor MARTIJN BEEKMAN/AFP
Direitos de autor MARTIJN BEEKMAN/AFP
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Tribunal apela ao fim do ódio racial entre Arménia e Azerbaijão, para acalmar o conflito na região.

PUBLICIDADE

O Tribunal Penal Internacional comunicou as primeiras decisões sobre o conflito entre a Arménia e o Azerbaijão. Os dois países acusam-se mutuamente de violação de uma convenção para eliminar a discriminação racial e recorreram ao mais alto tribunal da ONU, após o conflito do ano passado em Nagorno-Karabakh.

Deve tomar todas as medidas necessárias para prevenir o incitamento e promoção ao ódio racial e discriminação, incluindo dos seus funcionários e instituições públicas destinadas a pessoas de nacionalidade arménia ou de origem étnica.
Joan Donoghue
Juíza TPI

Ao mesmo tempo, a justiça instou a Arménia a lutar igualmente contra o ódio racial.

A República da Arménia deve, de acordo com suas obrigações nos termos da Convenção Internacional sobre a Eliminação de Todas as Formas de Discriminação Racial, tomar todas as medidas necessárias para prevenir o incitamento e a promoção do ódio racial, incluindo por organizações e particulares no seu território para pessoas do Azerbaijão - sejam nacionais ou de origem étnica.
Joan Donoghue
Juíza TPI

No outono de 2020 o conflito pelo controlo de Nagorno-Karabakh deixou, aproximadamente, 6.500 mortos. Após um mês e meio de combates, a Arménia, derrotada, foi forçada a assinar um cessar-fogo e a ceder várias zonas desta região, autoproclamada independente pelos arménios. As autoridades dos dois países recorreram ao Tribunal Penal Internacional, mas no terreno, as tensões continua altas e vários incidentes levantam receios da retoma dos combates.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Hunter Biden, filho de Joe Biden, condenado em julgamento por três crimes de posse de arma

Robert de Niro chama "palhaço" a Donald Trump à porta do tribunal

Arménia: pelo menos 4 mortos em inundações