EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Alemanha e França reforçam aliança

Alemanha e França reforçam aliança
Direitos de autor Gonzalo Fuentes/AP
Direitos de autor Gonzalo Fuentes/AP
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Paris foi o primeiro ministro da nova ministra alemã dos Negócios Estrangeiros

PUBLICIDADE

É mais do que uma vista cordial; É uma tomada de posição. Menos de 24 horas depois de ser empossada no cargo, a nova ministra alemã dos Negócios Estrangeiros viajou para ParisFrança deverá ser também o primeiro destino do chanceler Olaf Scholz. Sinais de que a aliança multilateralista, forjada pelo presidente francês Emmanuel Macron com Angela Merkel está para ficar.

Para Annalena Baerbock, a visita a Paris "é mais do que uma boa tradição". A nova chefe da diplomacia alemã sublinha que "a Alemanha não tem amigos mais próximos do que a França" e considera que a relação é importante em termos bilaterais e "porque a Europa é o elemento fundamental da política externa alemã".

O ministro francês dos Negócios Estrangeiros considera que a relação diplomática é também o coração do entendimento entre os dois países. Le Drian conta com o apoio de Berlim durante a presidência francesa da União Europeia que arranca em janeiro.

"Digo-vos desde já que não só estamos felizes por termos um governo alemão constituído antes da nossa presidência, como também estamos contentes por este estar disposto a trabalhar connosco por uma Europa mais verde, mais social, mais soberana," afirmou Jean-Yves Le Drian, ministro dos Negócios Estrangeiros francês

Na mesa de Le Drian e Baerbock esteve a questão da Ucrânia. Os diplomatas revelarar que esperam organizar um encontro "o mais rapidamente possível" com a Rússia. Noutra frente, mostraram-se disponíveis para discutir um boicote diplomático aos Jogos Olímpicos de Inverno em Pequim.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

França aperta medidas de segurança antes da cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos

Berlusconi e a Europa: um ano após o desaparecimento de um líder que mudou a UE

PPE não pretende acordo formal com CRE, mas poderá haver cooperação