This content is not available in your region

Empresa sueca cria microchip para implantar certificado Covid sob a pele

Access to the comments Comentários
De  Fátima Valente
euronews_icons_loading
Empresa sueca cria microchip para implantar certificado Covid sob a pele
Direitos de autor  أ ف ب

Na Suécia, algumas pessoas já não precisam de perder tempo à procura do telefone para mostrar o certificado da Covid-19, porque o têm implantado no braço.

Uma empresa sueca especializada em implantes de microchips está a promover o uso destes dispositivos para armazenar, entre outras informações pessoais, o passaporte Covid.

O chip é implantado no braço e está programado com um PDF contendo a informação pessoal de saúde integrada no certificado relacionado com o SARS-CoV-2. Depois basta direcionar o telefone para o braço e fazer a leitura dos dados através da tecnologia NTF ("near field communication" ou, em tradução livre, "comunicação de proximidade sem contacto").

O gestor da empresa Hannes Sjoblad destaca que assim a informação fica sempre disponível tanto para o utilizador como para qualquer pessoa que queira ler as informações, e dá o exemplo de que pode ser usado quando vai ao cinema ou ao centro comercial. O empresário diz que assim, as podem na mesma mostrar a informação de saúde mesmo que não tenham levado o telefone.

Hannes Sjoblad explica que "os microchips nao têm bateria e que, basicamente, estão inativos". O dispositivo só pode ser ativado através do 'smarthphone' pessoal, pelo que não podem ser usados para detetar a localização dos utilizadores.

O gestor defende que os implantes são feitos numa base voluntária e que as pessoas vão querer fazê-lo porque estão interessadas em trabalhar com esta tecnologia.