EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

França, Portugal e Grécia com números recorde de novas infeções

França, Portugal e Grécia com números recorde de novas infeções
Direitos de autor Daniel Cole/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
Direitos de autor Daniel Cole/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Governos já anunciaram restrições para a próxima semana para diminuir contágios

PUBLICIDADE

Estão a ser batidos recordes diários de novas infeções em vários países da Europa.

Nas últimas 24 horas, França registou 179,800 novos casos de covid-19, o maior número diário de novas infeções desde o início da pandemia.

O governo francês anunciou mais medidas esta segunda-feira que entram em vigor a partir da próxima semana, já depois das festividades. Haverá limite no número de pessoas em grandes eventos que terão também apenas lugares sentados.

Jean-Yves Clavel, um francês turista em Paris, acredita que "nenhuma medida isolada vai resolver este problema" e que o país está a enfrentar "o desconhecido com estas variantes". Sobre a posição do governo, diz que o governo "está a tentar fazer o melhor enquanto tenta preservar as liberdades individuais.".

Na Grécia, os número também disparou para mais um recorde. Morreram 60 pessoas positivas para a covid-19 e foram registados 21,600 novos casos em 24 horas.

Em Portugal, a testagem aumenta com filas de horas em vários pontos das grandes cidades e os números de novas infeções também nunca foram tão altos. No último dia, foram detetados 17,172 casos de covid-19 em todo o país. A ministra portuguesa da Saúde prevê que o número chegue aos 32 mil já na próxima semana, a primeira de janeiro.

Apesar dos contágios recorde, os internados covid-19 são seis vezes menos do que na pior altura da pandemia.

Na Polónia, um cenário diferente. O número diário de casos caiu em 30% nos últimos dias. Foram detetados apenas 25 casos da nova variante Omicron e não estão previstas novas restrições.

Wojciecz Andrusiewicz, porta-voz do Ministério da Saúde da Polónia, disse que apesar do risco crescente de infeção com a variante Omicron, "o número de novos casos na Polónia não começa a aumentar depois do Natal" e por isso não vão introduzir novas restrições.

Na Bélgica, houve o recuo de algumas restrições. O tribunal suspendeu o encerramento de locais de entretenimento, incluindo teatros, por não ter ficado provado que sejam locais perigosos de transmissão do vírus.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Mais de 100 casos de covid-19 na Liga Inglesa

População da China diminui pelo segundo ano consecutivo

Rishi Sunak pede desculpa aos familiares das vítimas da Covid-19