This content is not available in your region

Regresso às aulas marcados por procura de testes à Covid

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Regresso às aulas marcados por procura de testes à Covid
Direitos de autor  Emilio Morenatti/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved.

Por toda a Europa, o regresso às aulas significou um forte aumento nas filas de espera em farmácias, laboratórios e outros centros de testagem da Covid-19. É o caso na Áustria, onde as autoridades pediram aos pais para fazerem testar as crianças antes de voltarem à escola esta segunda-feira.

Em Portugal, os alunos também voltaram às aulas, mas deixam de estar obrigados a isolar-se na eventualidade de um caso positivo na mesma turma. 

Já em França, o início do segundo período rima com greve, convocada para esta quinta-feira pelos sindicatos de professores, que contestam a sustentabilidade do novo protocolo sanitário, que obriga cada aluno a ser imediatamente testado quando há um caso positivo numa mesma classe, antes de poder regressar à escola, tendo ainda assim de fazer depois dois outros autotestes, dois e quatro dias depois do primeiro teste antigénio.

A procura desenfreada de testes levou fabricantes a multiplicar as linhas de produção e, no território francês, o governo autorizou mesmo os supermercados a vender os autotestes, para aliviar as enormes filas que se acumulavam nas últimas semanas nas farmácias.