This content is not available in your region

Residentes de Kiev defendem NATO e EUA

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Residentes de Kiev defendem NATO e EUA
Direitos de autor  Diritti d'autore: AP Photo/Andriy Andriyenko

Enquanto em Genebra decorria a maratona diplomática entre Washington e Moscovo, na capital da Ucrânia, Kiev, muitos residentes defendiam, sem surpresa, uma maior aproximação com a NATO e uma posição de força dos Estados Unidos face à Rússia.

"Penso que, na situação atual, a NATO é a melhor opção para nós. A Rússia não pode ditar, com as suas exigências, os movimentos da Ucrânia", dizia um.

Outro afirmava: "Ser um Estado neutro não é uma opção. A NATO é a única opção. A Rússia não é um inimigo adequado. O inimigo deve ser destruído, mentalmente e fisicamente."

Outro ainda acrescentava: "Espero que os americanos não abandonem a Ucrânia. Devem ficar do lado da Ucrânia e Putin deve ser posto no seu lugar."

Na capital ucraniana, ninguém esquece todos os que perderam a vida no conflito com os rebeldes pró-russos no Leste do país, nem a invasão e anexação da Crimeia, há menos de oito anos.