This content is not available in your region

Hospitalizações programadas de crianças suspensas em Moscovo

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Aumento das admissões de menores com Covid-19 nos hospitais russos
Aumento das admissões de menores com Covid-19 nos hospitais russos   -   Direitos de autor  AFP

As hospitalizações programadas de crianças em Moscovo, na Rússia, foram suspensas, devido ao aumento das admissões de menores com Covid-19 nos hospitais. Segundo o Departamento de Saúde de Moscovo incidência do vírus entre as crianças aumentou exponencialmente assim como número de hospitalizações diárias.

Neste contexto, a admissão dos mais jovens nos hospitais na capital russa foi adiada durante três semanas. No entanto, os cuidados e tratamentos de emergência de crianças com doenças oncológicas e hematológicas mantêm-se e não serão afetados pelas restrições.

Moscovo junta-se assim à lista das metrópoles mundiais que registam um surto de Covid-19 em crianças com a propagação da variante omicron. Especialistas apelam à vacinação de 10 milhões de adolescentes russos no prazo de seis meses e a campanha de vacinação das crianças mais novas vai começar na primavera.