This content is not available in your region

"Sou velho, não idiota": petição contra digitalização dos bancos espanhóis

Access to the comments Comentários
De  Euronews
"Sou velho, não idiota": petição contra digitalização dos bancos espanhóis
Direitos de autor  TVE/EBU

Sou velho, não idiota” é o grito de ajuda do reformado Carlos San Juan. Aos 78 anos lançou uma campanha contra o tratamento dado pelos bancos espanhóis aos mais velhos e já conta com mais de 400 mil assinaturas.

A petição lançada na plataforma change.org reivindica um trato “mais humano” aos mais velhos que se sentem “indefesos” com a transição para o online. O encerramento permanente de balcões para poupar custos e a imposição da digitalização sem alternativa, são um obstáculo para os clientes habituados a um tratamento personalizado.

O que antes seria feito por um funcionário no banco, exige agora autonomia e literacia digital. Levantar dinheiro, depositar ou fazer um pagamento requer um domínio do online que a maioria da população idosa não tem.

Carlos San Juan recorda que "muitos idosos estão sozinhos e não têm ninguém para os ajudar", e outros querem permanecer "tão independentes quanto possível", sem depender da família ou amigos.

A iniciativa deste valenciano foi apoiada pela Plataforma de Idosos e Pensionistas. Os bancos comprometeram-se com o governo espanhol a rever, no prazo de um mês, a sua estratégia para assegurar a inclusão financeira dos idosos e a oferecer novas soluções para a situação deixada pelo encerramento maciço de agências.