EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Portugal avança com polémico concurso para prospeção de lítio

Minas de lítio a céu aberto em Covas do Barroso, concelho de Boticas
Minas de lítio a céu aberto em Covas do Barroso, concelho de Boticas Direitos de autor PEDRO SARMENTO COSTA/LUSA
Direitos de autor PEDRO SARMENTO COSTA/LUSA
De  Nuno Prudêncio
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Pinhel, uma das seis áreas abrangidas, apresenta providência cautelar

PUBLICIDADE

A corrida ao lítio em Portugal acabou de atingir uma etapa determinante. Apesar das contestações, o governo decidiu mesmo avançar com o concurso para a prospeção do já chamado petróleo português em seis áreas do norte e centro do país.

O município de Pinhel vai apresentar uma providência cautelar para travar as explorações. No Fundão, questiona-se o mapa previsto, que atravessa o principal sistema de regadio da região.

"Nunca será possível - eu diria pelos municípios, mas também pela administração e até pelo governo - que se vá fazer eventuais explorações mineiras naquele que é um dos ativos principais da produção agrícola e que teve um investimento tão grande. Para além disso, dentro dessa mesma mancha, estão aglomerados urbanos", avisa Paulo Fernandes, presidente da Câmara do Fundão.

Segundo os especialistas americanos, Portugal possui a maior reserva de lítio de toda a Europa e a nona a nível mundial, numa tabela liderada pelo Chile e a Austrália

Nunca será possível eventuais explorações mineiras naquele que é um dos ativos principais da produção agrícola e que teve um investimento tão grande.
Paulo Fernandes
Presidente da Câmara do Fundão

Mas a mineração deste tão desejado elemento, essencial para a produção de baterias, traz muitas dúvidas em termos ambientais e de segurança para as populações.

"Temos ouvido falar dos perigos e dos problemas que pode criar ao ambiente, e também às pessoas. De maneira que é preocupante saber que podem vir a explorar aqui no nosso território", apontava um habitante de Mondim de Basto.

No entanto, é uma ambição política declarada, a de colocar **Portugal na linha da frente da produção de lítio na Europa. **

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Europa precisa de atualizar legislação na corrida por terras raras

Explosão de trotinete elétrica provoca incêndio na Lituânia

Governo sérvio deverá aprovar projeto de lítio cancelado em 2022