EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Paris proíbe "comboio da liberdade"

Paris proíbe "comboio da liberdade"
Direitos de autor Jean-Francois Badias/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved
Direitos de autor Jean-Francois Badias/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Marcha contra as restrições sanitárias em França está prevista chegar à capital francesa esta sexta-feira e parar a cidade durante o fim de semana.

PUBLICIDADE

Dizem fazer parte do "comboio da liberdade" e na bagageira levam malas cheias de protestos contra as restrições sanitárias em França. Mas na capital francesa estão proibidos de apear. A partir desta sexta-feira e durante todo o fim de semana, o movimento inspirado nos protestos que bloquearam Otava, no Canadá, foi impedido de .circular em Paris, onde planeava parar a cidade.

A polícia francesa mobilizou 7.200 agentes para a cidade e anunciou que “será criado um mecanismo específico (…) para evitar bloqueios de estradas, e para multar e prender os infratores“.

A infrações resultantes da obstrução ao trânsito podem ser punidas com penas até dois anos de prisão, multas até 4.500 euros, ou a apreensão da carta de condução durante 3 anos.

Itália sem máscaras na rua

Já em Itália se respira mais livremente. A partir desta sexta-feira, caem as máscaras nos espaços públicos, exceto apenas nas zonas de grande afluência. 

O alívio nas restrições surge após as autoridades terem registado uma queda no número de infeções e internamentos hospitalares por covid-19 nas últimas semanas.

 O novo pacote de medidas aprovado pelo governo italiano está em vigor até 31 de março

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Polícias europeias travam manifestações contra restrições sanitárias

Só parte do "Comboio da Liberdade" conseguiu desafiar a polícia francesa

Alemanha goleia Escócia no jogo inaugural do Euro 2024