Número de mortos em Petrópolis ultrapassa os 130

Número de mortos em Petrópolis ultrapassa os 130
Direitos de autor Silvia Izquierdo/Associated Press
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Fortes chuvas e deslizamentos de terra fazem 136 mortos em Petrópolis. Autoridades brasileiras dizem que há mais de 200 desaparecidos

PUBLICIDADE

Subiu para 136 o número de mortos nas inundações e deslizamentos de terra que ocorreram nos últimos dias na cidade de Petrópolis, no estado brasileiro do Rio de Janeiro.

Estima-se que o número de vítimas mortais suba, nas próximas horas, pois de acordo com o último balanço das autoridades locais, mais de duas centenas de pessoas estão desaparecidas.

O instituto brasileiro de Meteorologia emitiu um alerta de chuvas fortes para a região serrana do estado, aumentando assim o risco de mais derrocadas.

Segundo o Governo do Rio de Janeiro estas são as piores chuvas registadas na cidade imperial desde 1932.

As equipas do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil municipal prosseguem com as operações de buscas e salvamento.

Cerca de mil pessoas ficaram desalojadas. A sociedade civil mobilizou-se recolhendo bens essenciais para acudir à população mais necessitada.

O presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, sobrevoou a região afetada. Ao seu lado seguiu o ministro para o Desenvolvimento Regional. Rogério Marinho prometeu cerca de mil milhões de reais, o equivalente a 170 milhões de euros para ajudar a recuperar Petrópolis e mais 50 cidades do país em situação de emergência ou calamidade pública.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Petrópolis revive tragédia depois de temporal

"Bloco da latinha": este desfile de Carnaval ouve-se muito antes de se ver

Escolas de samba já desfilam no Brasil