This content is not available in your region

Limite para interrupção da gravidez sobe para 14 semanas em França

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Limite para interrupção da gravidez sobe para 14 semanas em França
Direitos de autor  GEOFFROY VAN DER HASSELT/AFP or licensors

Em França a interrupção da gravidez passa a ser legal até às 14 semanas de gestação. O limite, que antes era de 12 semanas, é agora alargado devido à falta de profissionais e ao encerramento gradual dos centros de aborto.

Em assembleia nacional, a nova lei foi aprovada com 135 votos a favor, 47 contra e 9 abstenções, após um longo processo parlamentar que teve início em outubro de 2020.

A nova lei aprovada pelos deputados nesta quarta-feira, visa impedir que milhares de mulheres tenham que interromper a gravidez em países vizinhos como Espanha (limite de 14 semanas), ou o Reino Unido (limite até ás 24 semanas), onde o prazo é mais longo. 

Na mesma semana, também a Colômbia alargou o prazo de interrupção da gravidez para as 24 semanas. Em Portugal a gravidez pode ser realizada nas primeiras 10 semanas.