EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

1,5 milhões de refugiados ucranianos

1,5 milhões de refugiados ucranianos
Direitos de autor Andreea Alexandru/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved.
Direitos de autor Andreea Alexandru/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved.
De  euronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Guerra na Ucrânia faz cerca de um milhão e quinhentos mil refugiados em 10 dias. ONU estima que este número suba para os quatro milhões

PUBLICIDADE

Cerca de 1,5 milhões de ucranianos fugiram, já, do país desde que a Rússia iniciou a invasão da Ucrânia, há 10 dias.

De acordo com os dados do Alto-Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados a maior parte deste número é constituída por mulheres e crianças.

A maioria destas pessoas encontrou refúgio na Polónia, Moldávia, Hungria e Roménia, entre outros países.

Na fronteira romena, milhares de automóveis fazem fila, todos os dias, para poderem entrar.

De acordo com as organizações humanitárias, no local, milhares de pessoas atravessaram a fronteira, através do rio Danúbio, numa tentativa desesperada para fugir dos bombardeamentos das forças invasoras russas.

O alto-comissário da ONU para os refugiados considera que esta é a crise de refugiados que mais cresce na Europa desde a II Guerra Mundial.

Filippo Grandi sublinha que inicialmente o ACNUR estimou que a guerra na Ucrânia pudesse fazer cerca de quatro milhões de deslocados e ao ritmo que as pessoas estão a fugir do país, é muito provável que se atinja esse número.

O Conselho de Segurança das Nações Unidas vai reunir-se, esta segunda-feira à tarde, para analisar as possíveis respostas para as crescentes necessidades humanitárias provocadas pela invasão russa da Ucrânia.

Em algumas cidades do país a situação agravou-se bastante, nas últimas horas. A organização não-governamental Médicos Sem Fronteiras afirma que a situação humanitária em Mariupol, por exemplo, é "catastrófica".

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Maior hospital pediátrico de Kiev alvo de ataque russo

Ucrânia atinge com drones depósito de munições no interior da Rússia

Dez prisioneiros de guerra ucranianos regressam a casa após anos de cativeiro russo